Rodaverde.com

Blog / Notícias

Vendas de veículos elétricos e híbridos se recuperando em julho e agosto, voltando para o mesmo patamar de antes da pandemia.

Em colaboração com Bright Consulting.

EMPLACAMENTOS AGOSTO 2020:
- Após uma queda no segundo trimestre de 2020, os volumes para veículos elétricos e híbridos se recuperaram e estão de volta aos volumes de logo antes a pandemia;
- Os 100% elétricos em agosto estão relativamente baixa, com o menor volume de vendas desde abril 2020. Os veículos híbridos estão se recuperando bem em julho (+30,4% vs. junho) e agosto (+16,7% vs. julho);
- híbridos gerando mais que 97% das vendas da categoria (Carros Elétricos);
- híbridos: Toyota Motor Corp., com quase 82% das vendas de híbridos no Brasil, continua ser o líder absoluto, mas a Porsche em agosto também mostrou vendas altas (61 unidades, que e a maior volume desde novembro 2019);
- elétricos: várias marcas no Top 5, com o Audi E-Tron gerando >40% do volume total para agosto e quase 23% para 2020 até agosto.

Híbridos:
Após um início bem-sucedido de 2020, os volumes de março e abril diminuíram significativamente. Os volumes tenham retornado desde maio, com agosto atingindo o segundo maior volume mensal do 2020. Líder absoluto no segmento continua sendo o Toyota Corolla. O Lexus UX250H mostrou uma recuperação relativamente lenta em comparação com outros veículos no segmento híbrido, mas no agosto voltou para o 'Top 5', com a maior volume mensal já registrado.

Elétricos:
As vendas de veículos elétricos foram severamente impactadas pela crise do Covid 19. Especialmente abril foi baixo. A partir de maio, os volumes voltaram a aumentar, mas por enquanto estão relativamente estáveis, sem mostrando aumentos estruturais comparando com o ultimo trimestre de 2019. Os volumes de vendas de veículos elétricos liderados pelo recém-lançado Audi E-Tron e o Chevrolet Bolt. O Jaguar i-Pace também mantém volumes relativamente altos durante 2020.

Observações:
A participação de veículos 100% elétricos no segmento de veículos elétricos e híbridos diminuiu de 5,8% em 2019 para 4,2% em 2020. Este é o resultado de um forte crescimento no segmento híbrido, impulsionado pela introdução de alguns modelos de geração de alto volume (como o Toyota Corolla e o RAV4), mas também a introdução de outros modelos híbridos, como BMW (330E e X5) e Porsche (Cayenne). Os volumes de veículos 100% elétricos por enquanto não mostrou um aumento considerável durante 2020.  
No Rodaverde.com, acreditamos que a recuperação dos volumes, continuará durante 2020 (e depois) e que o momento positivo que vimos antes a pandemia continuará no 'pos Covid-19'.

Para mais detalhes e dados de emplacamentos, referimos ao nosso parceiro Bright Consulting (http://brightisd.com/).
As conclusões acima, exceto os dados reais do mercado, são interpretações, observações e opiniões de Rodaverde.com. Nenhum direito pode ser reservado das interpretações apresentadas.
< VOLTAR
© 2020 Rodaverde.com - Todos os direitos reservados ||
Criação de sites: Trupe Agência Criativa